VIENA - Uma manifestação, sob o lema Nunca mais uma criança..., relembrou hoje no Parlamento austríaco o 63º aniversário da libertação do campo de concentração nazista de Mauthausen.

A manifestação, dedicada este ano às vítimas mais jovens do Holocausto, teve a presença do chefe de Estado Heinz Fischer, do chanceler Alfred Gusenbauer e do vice-chanceler Wilhelm Molterer.

Os nomes das crianças assassinadas em Auschwitz (campo de concentração nazista no sul da Polônia, ndr) durante o nazismo foram projetados no plenário do Parlamento.

Vários atores leram textos sobre as histórias das crianças ou jovens vítimas.

"Violência e racismo não são fenômenos do passado, mas um desafio do cotidiano", denunciou o presidente da Câmara federal do Parlamento, Helmut Krinzinger.

Saiba mais sobre: nazismo

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.