Australianos deveriam comer menos boi e mais canguru, diz estudo

Um assessor do governo australiano pediu para que a população substitua a carne bovina e de carneiro por derivados do canguru para ajudar a proteger o planeta dos efeitos do aquecimento global. Em um relatório de 600 páginas encomendado pelo governo australiano, o assessor e economista Ross Garnaut afirma que o gás metano produzido durante a digestão de vacas, cordeiros e porcos é um potente causador do efeito estufa quando lançado na atmosfera.

BBC Brasil |

Os cangurus, ao contrário, praticamente não produzem esse gás, afirma Garnaut.

O relatório prevê ainda uma mudança na pecuária e nos hábitos alimentares do país com a introdução de um novo esquema de vendas de créditos de carbono.

Em seu estudo, Garnaut recomenda ao governo que a indústria agrícola seja incluída no esquema de licenciamento de emissões de carbono que será implementado até 2010.

Isso significaria que os fazendeiros teriam que comprar permissões para emitir gases caso extrapolem os limites recomendados.

Transição

O assessor acredita que os custos altos da criação de ovelhas e gado e a vulnerabilidade desses animais aos efeitos da mudança climática - como a escassez de água - poderiam antecipar uma transição para uma maior criação de carnes de animais que provocam poucas emissões.

Para ele, os cangurus - que possuem um sistema digestivo diferente do gado e do carneiro - podem ser a chave desta mudança.

"Durante muito tempo na história humana da Austrália - cerca de 60 mil anos - o canguru foi a principal fonte de carne. E pode novamente tornar-se importante", disse Garnaut.

O relatório cita um estudo sobre o potencial dos cangurus em substituir outros animais como fonte de carne e afirma que, até 2020 a criação de gado pode ser reduzida em 7 milhões e a de carneiro em 36 milhões de cabeças.

Isso criaria a oportunidade para que o número de cangurus subisse de 34 milhões para 240 milhões em 12 anos.

Essa quantidade seria mais do que suficiente para substituir a perda na produção de carne de vaca e carneiro, o que também seria mais lucrativo para os fazendeiros, já que os custos das emissões iriam subir.

Apesar de popular em outros países, o consumo de canguru na Austrália - o símbolo nacional do país - ainda é polêmico e a carne do animal é usada amplamente como alimento para animais de estimação.

No entanto, muitos australianos preocupados com a saúde se renderam à carne magra e vermelha do animal.

Leia mais sobre Austrália

    Leia tudo sobre: austrália

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG