SYDNEY- A Austrália rejeitou as propostas dos Estados Unidos para que acolhesse prisioneiros de Guantánamo acusados de terrorismo, confirmou neste sábado a primeira-ministra em exercício, Julia Gillard.

Segundo Gillard, o Governo George W. Bush solicitou em duas ocasiões, no início de 2008 e em dezembro passado, que a Austrália acolhesse presos de Guantánamo, e que ambos os pedidos foram rechaçados.

Gillard disse que o último pedido foi considerado sexta-feira à noite e que foi notificado ao Governo americano que não seriam aceitas "essas solicitações".

"Os pedidos foram estudados caso por caso levando em conta as estritas medidas de segurança nacional da Austrália e as leis de imigração", e foram rechaçados ao não se ajustarem a elas, explicou Gillard.

A primeira-ministra interina disse que pedidos similares no futuro serão estudados seguindo os mesmos critérios. EFE mg/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.