Austrália reduz juros pela terceira vez em três meses

O Reserve Bank of Australia, o banco central australiano, reduziu sua principal taxa de juros de 6% para 5,25% nesta terça-feira em uma tentativa de estimular a economia do país e evitar uma recessão. O corte foi maior do que se esperava, já que muitos analistas previam que a redução seria de meio ponto percentual.

BBC Brasil |

Foi o terceiro corte em três meses anunciado pelo banco australiano. Recentemente, o governo do país anunciou um plano de US$ 6,9 bilhões para estimular o crescimento.

"Dados internacionais continuam a indicar uma fraqueza significativa nas principais economias industrializadas, e há sinais de que a China e outros países em desenvolvimento também estão desacelerando", disse o presidente do banco, Glenn Stevens, em um comunicado.

Nível baixo
Com o novo corte, a taxa de juros na Austrália está agora em seu nível mais baixo desde março de 2005.

O representante do Tesouro australiano, Wayne Swan, disse que os bancos devem repassar a redução em sua totalidade aos que buscam empréstimo para ajudar a estimular a economia.

"Esse é um alívio adicional que famílias e negócios australianos precisam diante da crise financeira global", disse Swan em uma entrevista coletiva. "Isso ajudará a fortalecer a nossa economia em um período crucial."
A crise de crédito tem feito com que bancos comerciais deixem de emprestar uns aos outros - o que, por sua vez, tem tornado mais difícil e mais caro para indivíduos e empresas conseguir empréstimos.

Vários bancos centrais vêm reduzindo suas taxas de juros nos últimos meses em uma tentativa de evitar uma recessão.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG