Austrália recebe Qatar na rodada das Eliminatórias Asiáticas à Copa

Redação central, 14 out (EFE).- A Austrália recebe o Qatar amanhã em Brisbane, na principal partida da terceira rodada da quarta fase das Eliminatórias Asiáticas para a Copa do Mundo de 2010, que será disputada nesta quarta-feira e terá outros três jogos.

EFE |

Os australianos, que venceram a única partida até agora, contarão com a volta do meio-campo Tim Cahill contra o Qatar, mas terão outros desfalques no setor: Harry Kewell, Vince Grella, Mark Bresciano e Carl Valeri. Além disso, o zagueiro Craig Moore corre contra o tempo para se recuperar de lesão e ficar pronto para a partida.

Líder do grupo com quatro pontos em dois jogos, o Qatar estréia o técnico francês Bruno Metsu, conhecido por ter levado o Senegal às quartas-de-final da Copa do Mundo de 2002, mas que acabou demitido do comando dos Emirados Árabes após perder as duas primeiras partidas da fase final das Eliminatórias.

Mesmo jogando fora de casa, Metsu quer surpreender os australianos e confia na classificação de sua seleção. "Às vezes é preciso ter respeito no futebol. Será um jogo muito difícil, mas acredito nos meus jogadores", disse o técnico ao site oficial da Fifa.

Por outro lado, o holandês Pim Verbeek, técnico da Austrália, garante que sua equipe não subestimará o adversário. "Nunca devemos pensar que será um jogo fácil. Ficarei muito surpreso se isso acontecer", afirmou.

No outro jogo do grupo, o Japão, com três pontos em um jogo, recebe o Uzbequistão, lanterna do grupo com duas derrotas em igual número de compromissos e que recentemente demitiu o técnico Mirdjalal Kasimov, substituindo-o por Rauf Inlieyev.

O Uzbequistão - que tem o brasileiro Zico como consultor, acumulando o comando do Bunyodkor, do país - vai a Saitama tentando conquistar pelo menos um ponto para ensaiar uma reação nas Eliminatórias, mas terá trabalho contra os astros japoneses Shunsuke Nakamura, do Celtic, e Junichi Inamoto, do Eintracht Frankfurt.

No grupo 2, a Coréia do Sul recebe os Emirados Árabes em Seul contando com a volta do meia Park Ji-Sung, em boa fase no Manchester United, e do lateral Lee Young-Pyo, do Borussia Dortmund, ausentes no empate em 1 a 1 contra os norte-coreanos.

Já os visitantes serão comandados pela primeira vez nas Eliminatórias pelo técnico Dominique Bathenay, ex-meia da seleção francesa que disputou a Copa do Mundo de 1978, que substituiu seu compatriota Bruno Metsu, de quem era auxiliar.

"A Coréia do Sul é um time forte, mas acho que poderemos garantir uma das vagas. Sabemos que não será fácil, mas precisamos apenas fazer nosso jogo", comentou Bathenay ao site oficial da Fifa.

Enquanto isso, o Irã - que empatou na estréia com a Arábia Saudita fora de casa em 1 a 1 - recebe a líder do grupo Coréia do Norte, que tem quatro pontos em dois jogos.

O técnico iraniano Ali Daei aposta no futebol dos meias Javad Nekounam e Masoud Shojaei, que atuam juntos no espanhol Osasuna, para furar a eficiente defesa norte-coreana, que sofreu apenas dois gols nos últimos oito jogos.

As dez equipes que disputam a quarta fase estão divididas em dois grupos com cinco seleções cada. As duas primeiras colocadas de cada chave se classificam diretamente para a Copa do Mundo de 2010, enquanto as terceiras se enfrentam para definir o adversário da Nova Zelândia (campeã da zona da Oceania) em uma das repescagens. EFE ev/dp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG