Austrália pede sanções internacionais contra regime do Zimbábue

Sydney (Austrália), 23 jun (EFE).- O primeiro-ministro da Austrália, Kevin Rudd, pediu hoje sanções internacionais contra o regime do Zimbábue, para terminar com o que qualificou de Governo brutal.

EFE |

Rudd disse no Parlamento australiano que eleições justas no país africano são impossíveis devido à violência que o presidente, Robert Mugabe, usa contra seus concidadãos.

O líder da oposição do Zimbábue, Morgan Tsvangirai, retirou sua candidatura devido ao perigo que podia causar a seus eleitores.

Desde 2002, a Austrália nega vistos aos altos funcionários do Zimbábue e proíbe que seus filhos estudem em universidades australianas.

"Nós encorajamos o resto dos países a que apliquem sanções similares", disse Rudd. EFE mg/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG