Austrália já supera 100 mortes pela gripe

Sydney (Austrália), 13 ago (EFE).- A Austrália superou hoje as 100 vítimas fatais por causa da nova gripe, que infectou quase 30 mil pessoas no país, anunciou a ministra da Saúde australiana, Nicola Roxon.

EFE |

Um total de 28,987 mil contágios levaram a 102 mortes, segundo a mais recente apuração oficial informada pelas autoridades de saúde.

Os hospitais australianos têm internadas neste momento 449 pessoas por causa do vírus, 109 das quais estão na UTI.

Em relação à vacina, Roxon disse que os testes em adultos estão progredindo de maneira satisfatória, mas o programa de vacinação em massa à população de 21 milhões de pessoas continua fixado para outubro.

Alemanha, China, Estados Unidos e Reino Unido também estão testando vacinas contra a nova gripe.

Uma farmacêutica australiana se tornou, no mês passado, a primeira a desenvolver um remédio eficaz para conter o atual foco do vírus, semelhante ao existente para a gripe comum, mas acrescentando uma cepa adicional às três frequentes.

A Austrália é o país mais atingido pela doença na região da Ásia-Pacífico.

Enquanto espera a vacina, as autoridades de saúde ordenaram que só os doentes mais graves terão acesso a tratamento com os antivirais Tamiflu e Relenza, enquanto aqueles com sintomas leves deverão usar medicamentos comuns para processos gripais.

A iniciativa pretende garantir as reservas de ambos os remédios diante da possível explosão de uma epidemia em escala nacional mais grave do que a atual. EFE mg/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG