Austrália estuda uso de infantaria em combate no Afeganistão

Sydney (Austrália), 8 set (EFE).- A Austrália estuda usar sua infantaria em tarefas de combate no Afeganistão e se o fizer seria a primeira vez que isto vai acontecer desde a Guerra do Vietnã, anunciou hoje o ministro da Defesa, Joel Fitzgibbon.

EFE |

Fitzgibbon explicou que o Governo não tem intenção de aumentar o número de soldados no país de Ásia Central, mas disse que as unidades de infantaria regular poderiam se encarregar de realizar tarefas de combate, substituindo as forças especiais.

"Nossas forças especiais vieram fazendo rotações durante muito, muito tempo", disse o ministro.

A Austrália tem cerca de mil soldados desdobrados no Afeganistão, sob comando da Força Internacional de Assistência (Isaf) da Otan, cujo novo comandante, o general americano David McKiernan, pediu mcerca de 15.000 soldados a mais para lutar contra os talibãs.

Fitzgibbon disse que a Austrália poderia retirar parte de suas tropas desdobradas no Timor-Leste, se continuar a crise na fronteira com o Paquistão, sempre sem aumentar o contingente no Afeganistão.

EFE mg/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG