Austrália emite novos alertas por incêndios perto de Melbourne

Sydney (Austrália), 17 fev (EFE).- As autoridades australianas emitiram hoje novos alertas para os 6.

EFE |

500 moradores de Healesville, cerca de 60 quilômetros ao nordeste de Melbourne, ameaçados por um dos seis focos que continuam ardendo e sem controle no estado de Victoria.

Os fortes ventos que sopraram no começo da manhã de hoje espalharam as chamas de novo a poucos quilômetros das casas de Healesville, disse o porta-voz dos bombeiros, Darren Grevis-James, em comunicado.

As chamas ameaçam também Wilsons Promontory, um parque natural situado cerca de 220 quilômetros ao sudeste de Melbourne.

Além de evitar que os focos fora de controle alcancem as zonas povoadas, a prioridade dos bombeiros é proteger as bacias de água para garantir o fornecimento de Melbourne, explicou Grevis-James, já que essas poderiam ser contaminadas com as cinzas.

Nesta segunda-feira, as autoridades australianas aumentaram de 181 a 189 o número oficial de mortos nos incêndios de Victoria, e advertiram de que o número continuará subindo.

As previsões meteorológicas para os próximos dois dias são estáveis, disseram hoje os bombeiros, e ajudarão a construir mais linhas de contenção, mas a floresta continua estando muito seca e é muito fácil que as chamas ressurjam.

No total, quatro mil bombeiros, além de voluntários, combatem as chamas com o apoio de caminhões, aviões-tanque e maquinaria pesada.

Além dos mortos, os incêndios destruíram 1.800 casas, arrasaram 455 mil hectares, e deixaram sete mil deslocados. EFE mg/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG