Austrália doa US$ 9,14 milhões para retirada de minas no Afeganistão

Sydney, 4 abr (EFE) - O Governo australiano anunciou hoje que destinará dez milhões de dólares australianos (US$ 9,14 milhões) para remover minas antipessoais no Afeganistão.

EFE |

O ministro de Exteriores australiano, Stephen Smith, indicou em comunicado que, "após décadas de conflito, o Afeganistão é um dos países com mais minas no mundo e os restos deixados pelas guerras matam ou ferem todos os meses aproximadamente 60 afegãos".

Desta forma, a quantidade total fornecida pela Austrália para erradicar estas armas, entre 2007 e este ano, chega a 25 milhões de dólares australianos (US$ 22,85 milhões), e o país já comprometeu 75 milhões de dólares australianos (US$ 68 milhões) para 2010.

Os fundos serão enviados à chamada Estratégia de Ação Antiminas da AusAID, a agência oficial australiana de cooperação, e também presente em Camboja, Iraque, Laos, Líbano, Sri Lanka e Vietnã.

As minas antipessoais, criadas para matar ou incapacitar suas vítimas, foram usadas em diferentes confrontos e a ONU calcula que mais de 167 milhões delas continuam armazenadas e 82 países têm artefatos não localizados. EFE mg/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG