Austrália anuncia doação de US$ 3 milhões a desabrigados em Mianmar

Sydney (Austrália), 7 mai (EFE).- O Governo australiano anunciou hoje uma ajuda humanitária imediata de US$ 3 milhões para os afetados pelo ciclone Nargis, em Mianmar, que já causou cerca de 22.

EFE |

500 mortos, enquanto outras 40 mil pessoas continuam desaparecidas.

No entanto, o ministro de Exteriores australiano, Stephen Smith, indicou em comunicado que a Austrália "não possui um programa de ajuda bilateral com Mianmar e que não enviará assistência alguma ao regime birmanês".

O ministro explicou que a ajuda será destinada a organizações internacionais com credibilidade. Segundo ele, o Executivo australiano pediu à Junta Militar que garanta o acesso imediato à ajuda em questão por parte das agências humanitárias.

Da quantidade citada, US$ 1 milhão será destinado às ONGs que atuam no território para oferecer alojamento de emergência, água, sistemas de purificação de água, utensílios para cozinhar, lençóis e remédios.

Outro US$ 1 milhão será entregue ao Programa Mundial de Alimentos das Nações Unidas, que ainda não conseguiu entrar com outras 800 toneladas de arroz, que estão em um armazém de Yangun, à espera do sinal verde das autoridades birmanesas.

O Unicef receberá a quantia restante (US$ 1 milhão) para estabelecer sistemas de purificação de água.

A ajuda de hoje se acrescenta à de mesma quantidade que a organização "World Vision Australia" se comprometeu ontem a doar.

Mianmar (antiga Birmânia) é governada por militares desde 1962 e não realiza eleições democráticas desde 1990, quando o partido oficial foi esmagado pela coalizão opositora liderado pela Nobel da Paz, Aung San Suu Kyi, em uma eleição cujo resultado nunca foi reconhecido pela Junta Militar. EFE mg/fb

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG