Austrália ainda tem 23 incêndios fora de controle

Sydney (Austrália), 11 fev (EFE).- Pelo menos 23 incêndios seguem fora de controle na Austrália, após deixarem 181 mortos, e ao avançar do dia, fortes ventos do sudeste deram força às chamas na área de Yea-Murrindini, no estado sulino de Victoria.

EFE |

Os bombeiros avisaram aos habitantes das localidades de Acheron, Cathedral Lane, Rubicon, Bulls Lane e Thornton e Taggerty Road que fiquem em alerta, já que o fogo pode chegar a suas casas.

Embora as condições atmosféricas tenham ajudado durante a noite, permitindo aos bombeiros evoluir nos trabalhos de contenção, as autoridades esperam que o vento ao longo do dia aumente e que dificulte o trabalho.

O número de mortos parou em 181 pessoas, porém outras 50 pessoas seguem desaparecidas. O governante em Victoria, John Brumby, chegou a afirmar na terça-feira que tudo aponta que o número de vítimas deve passar de 200.

Segundo o jornal "The Australian", as autoridades acreditam que na região de Marysville, cerca de 90 quilômetros a nordeste de Melboune, tenham morrido 100 de seus 519 habitantes, embora até o momento só 15 corpos tenham sido encontrados.

A série de incêndios começou no sábado passado no sudeste da Austrália, quando a região já estava há duas semanas enfrentando uma onda de calor sem precedentes que elevou a temperatura a 46 graus centígrados.

A Polícia declarou as zonas queimadas cenas de crimes, por estar convencida que vários dos incêndios foram criminosos. EFE mg/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG