Mais de 2.000 passageiros de um navio de cruzeiro foram colocados em quarentena, que vai durar uma semana, depois que duas crianças do grupo foram diagnosticadas com gripe suína, informaram as autoridades australianas.

"Pedimos a todas as pessoas que estavam a bordo do navio que ficassem isoladas durante uma semana", anunciou Kerry Chant, diretor de Saúde do estado de Nova Gales do Sul, depois da chegada a Sydney, segunda-feira, do navio "Dawn Pacífico". Os passageiros permanerão no cruzeiro ou em um hotel.

lb/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.