Auschwitz recebe de volta letreiro nazista roubado

Varsóvia, 21 jan (EFE).- O campo de concentração de Auschwitz (Polônia) recebeu hoje das mãos do chefe policial Andrzej Matejuk o letreiro com a frase em alemão Arbeit macht frei (O trabalho liberta), comum nos centros de confinamento nazistas e que havia sido roubado há cerca de cinco semanas.

EFE |

A devolução é feita poucos dias antes da comemoração do 65º aniversário da libertação por tropas soviéticas do campo de Auschwitz-Birkenau.

O porta-voz do museu de Auschwitz, Josef Mensfelt, comentou que o painel de metal, cortado em três pedaços pelos ladrões, precisará de uma minuciosa restauração que deve durar alguns meses.

Mensfelt explicou que durante os eventos em lembrança da libertação do centro de extermínio, no dia 27 de janeiro, será deixada na entrada do campo uma cópia do letreiro original.

O histórico letreiro foi roubado do campo em 18 de dezembro. Os autores do roubo, quatro poloneses, foram presos três dias depois.

Há uma ordem de busca e captura contra um cidadão sueco que teria coordenado o crime. EFE nt/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG