Aumento de orçamento para família real gera disputas na Bélgica

Bruxelas, 15 nov (EFE).- A Casa Real da Bélgica comemora hoje o Dia do Rei em meio a uma série de disputas causadas pelo aumento do fundo orçamentário recebido pela monarquia, que foi superior ao dos salários dos cidadãos, em um momento de crise.

EFE |

A destinação de verbas à família real aumentará 6% durante 2009, o dobro que os salários dos trabalhadores, atingindo 13,85 milhões de euros, publicou hoje o jornal "Het Laatse Nieuws".

Durante 2008, a alocação à Casa Real subiu 5,3%, enquanto os trabalhadores receberam aumento de 3,24%, lembra o jornal.

A diferença se deve a que o aumento das verbas ao rei Alberto e a seus familiares é calculada em função da alta da inflação, enquanto os salários dos belgas sobem em função do índice de preços do setor de saúde.

A "lista civil" inclui destinações para o monarca (10 milhões de euros), 1 milhão de euros para o príncipe Philippe, herdeiro do trono, e 1,594 milhão de euros para a rainha Fabiola, viúva do rei Baudouin, que morreu há 15 anos. EFE rcf/fh/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG