Aumentam em 8,8% os nascimentos em Cuba em 2008

A taxa de natalidade aumentou 8,8% entre janeiro e outubro de 2008, o que foi recebido pelas autoridades como uma esperança para reverter o envelhecimento da população cubana, segundo um informe demográfico publicado nesta segunda-feira.

AFP |

A Divisão Nacional de Estatísticas revelou que nos dez primeiros meses de 2008 nasceram 7.996 crianças mais que no mesmo período de 2007, o que representa um crescimento de 8,8% na taxa de natalidade.

A população de Cuba chegou aos 11.296.790 habitantes em 2007, de acordo com a repartição oficial, mas especialistas advertiram sobre a necessidade urgente de uma política de reprodução, para reverter a tendência de redução de nascimentos, pois em poucos anos o número de aposentados será superior à força de trabalho ativa.

Em julho último, o governo de Raúl Castro propôs ao Parlamento aumentar a idade de aposentaria de 55 para 60 anos para as mulheres e de 60 para 65 para os homens, e aumentar de 25 para 30 anos o período mínimo de trabalho para concessão da aposentadoria.

Esta proposta será apreciada em dezembro pelo Congresso cubano.

mis/nh/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG