La Paz, 8 jan (EFE).- Os casos de dengue no departamento (estado) boliviano de Pando, cuja capital, Cobija, faz fronteira com o Brasil, aumentaram nas últimas semanas para 244, apesar de terem sido realizadas campanhas de fumigação para acabar com o mosquito transmissor da doença, informou o Ministério da Saúde do país.

O diretor de Epidemiologia do ministério, René Lenis, disse hoje aos meios de imprensa que as ações de controle realizadas nessa cidade não foram suficientes, de tal forma que para o dia 16 de janeiro está planejada uma jornada de limpeza total que envolverá toda a população.

Em todo o país foram reportados 289 casos de dengue desde outubro do ano passado, dos quais 244, ou seja 85%, aconteceram em Pando, sobretudo em Cobija, uma pequena cidade de 43 mil habitantes, fronteiriça com Epitaciolândia (Brasil).

Por enquanto, não foram reportaram casos de dengue hemorrágica, que é a variante fatal desta infecção, geralmente após uma segunda picada do mosquito Aedes aegypti. EFE ja/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.