Aumenta tensão entre Governo e Presidência iraquianos sobre conselhos tribais

Bagdá, 3 dez (EFE).- A subvenção de conselhos tribais de maioria xiita pelo Governo iraquiano gerou polêmica entre o Executivo do primeiro-ministro, o xiita Nouri al-Maliki, e a Presidência do país, do líder curdo Jalal Talabani.

EFE |

Maliki afirmou hoje, em uma carta enviada a Talabani, que os Conselhos de Apoio, formados por tribos de maioria xiita no sul do Iraque, foram criados dentro da reconciliação nacional e para colaborar na recuperação da segurança no país.

Com esta mensagem, Maliki respondia a recentes declarações de Talabani nas quais descrevia os Conselhos de Apoio como milícias armadas.

Maliki disse que seu Governo não distribuiu nenhuma arma a esses conselhos e disse que a subvenção inclui só o pagamento de seus escritórios, e não os salários.

Segundo vários analistas iraquianos, os políticos curdos temem que a criação destes conselhos de maioria xiita pelo Governo há um ano tenha o objetivo de apoiar Maliki diante das eleições provinciais do próximo ano. EFE am/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG