Islamabad - Pelo menos 33 pessoas morreram e mais de dez ficaram feridas em uma explosão na frente de um colégio eleitoral no vale de Swat, no norte do Paquistão.

Segundo fontes citadas pelo canal de televisão "Geo TV", o atentado aconteceu na área de Shalbanday, e foi de tal intensidade que a explosão pôde ser escutada claramente.

Ainda de acordo com o canal, as equipes de resgate encontraram restos de corpos a grande distância do local.

Os feridos foram transferidos a um hospital local em várias ambulâncias após o atentado.

Segundo a fonte, os autores do ataque colocaram uma bomba com um temporizador, embora a Polícia ainda não divulgou uma versão definitiva do sucedido.

As forças de segurança isolaram a área e iniciaram as investigações, enquanto a reunião eleitoral foi suspensa.

No colégio eleitoral era realizada uma votação para a Assembléia provincial a fim de substituir o deputado Abdul Matin Khan, já falecido.

Tanto o primeiro-ministro do Paquistão, Yousaf Gilani, como o presidente, Asif Ali Zardari, condenaram o atentado e expressaram sua solidariedade com as vítimas.

O vale de Swat é cenário de atuação de um potente movimento fundamentalista que coloca em xeque o Exército do Paquistão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.