Aumenta para 15 número de mortos em atentados no Paquistão

O balanço dos quatro atentados de quinta-feira no noroeste do Paquistão subiu de 13 para 15, ao mesmo tempo que o número de feridos chegou a 120.

AFP |

Os ataques aconteceram um dia depois de um atentado devastador, que matou 24 pessoas e deixou 300 feridos, em Lahore, importante cidade do leste do país, em um ato reivindicado pelos talibãs paquistaneses, que o Exército combate na região noroeste.

Na quinta-feira, dois mercados próximos do centro de Peshawar foram alvos de explosões praticamente simultâneas que mataram oito pessoas e deixaram mais de 100 feridos.

Pouco depois, policiais e insurgentes trocaram tiros nas ruas da cidade: dois terroristas foram mortos e outros dois detidos.

À noite, a explosão de um carro-bomba contra um posto de controle rodoviário da polícia em um bairro da periferia de Peshawar matou um policial e feriu oito pessoas.

Outro oficial e um civil morreram em consequência dos ferimentos sofridos.

Por fim, 300 km ao norte de Peshawar, em Dera Ismail Khan, a explosão de uma bomba matou três pessoas e feriu 13.

Os talibãs paquistaneses vinculados à Al-Qaeda prometeram na quinta-feira intensificar os atentados, que já mataram 1.900 pessoas em todo o país em dois anos.

str-jaf/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG