Aumenta para 11 número de vítimas do atentado e tiroteio de Xinjiang

Pequim, 11 ago (EFE).- O número de vítimas no atentado e posterior tiroteio ocorrido ontem na cidade de Kuqa (província noroeste de Xinjiang, de maioria uigur) subiu para 11 pessoas, segundo publicou hoje a imprensa local.

EFE |

Uma série de explosões em uma comissária de Polícia e várias dependências comerciais no centro da cidade, e um tiroteio posterior acabou com a vida de dez assaltantes e de um policial, explicaram testemunhas.

Um porta-voz governamental explicou que um triciclo motorizado conduzido por duas pessoas e carregado com explosivos irrompeu na área restrita de umas dependências policiais e imediatamente lançou granadas caseiras contra os prédios.

O ataque suicida matou um atacante e um policial, feriu outros dois guardas e dois civis mais, além de destruir completamente dois veículos próximos.

As forças de segurança abateram um companheiro do terrorista imolado, já ferido no ataque, e no rastreamento posterior, encontraram outras oito pessoas escondidas em um mercado, que começaram a lançar explosivos caseiros contra a Polícia e que também foram abatidos.

As forças de segurança detiveram outros três suspeitos e buscam agora os dois membros restantes do grupo de 15 pessoas envolvidas no ataque. EFE gmp/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG