Auditoria revela desperdício de bilhões de dólares em reconstrução do Iraque

Entre 3 e 5 bilhões de dólares foram desperdiçados no esforço americano para reconstruir o Iraque depois da guerra, que começou com a invasão de março de 2003, informou nesta quarta-feira o funcionário responsável pela reconstrução.

AFP |

Stuart Bowen, inspetor geral especial para a Reconstrução do Iraque, também advertiu legisladores de seu país que os erros cometidos no Iraque agora estavam sendo repetidos no Afeganistão.

"A menos que o programa para o Afeganistão, em pleno processo de ampliação, tome nota das lições aprendidas no Iraque, acontecerá um desperdício substancial dos dólares dos contribuintes", disse Bowen à comissão das Forças Armadas da Câmara dos Representantes.

O principal problema é que o governo dos Estados Unidos "precisa de uma doutrina reconhecida sobre como reconstruir um Estado falido e a estrutura necessária para mobilizar recursos na escala necessária".

Dados do Congresso dos Estados Unidos indicam que o Iraque tem um superávit orçamentário de 47 bilhões de dólares, mas não está claro quanto disso é usado na reconstrução.

Tanto Bowen quanto o supervisor para o Afeganistão, o major general da Infantaria da Marinha aposentado Arnold Fields, disseram que o exército, o departamento de Estado e a Agência para o Desenvolvimento Internacional (Usaid) precisam coordenar melhor seus esforços.

ch/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG