DETROIT (Reuters) - A primeira audiência do nigeriano acusado de tentar explodir um avião da Delta Airlines que voava para Detroit foi cancelada, disse uma porta-voz da Promotoria Pública nesta segunda-feira. Os procuradores-gerais dos Estados Unidos esperavam obter um mandado de busca para coletar o DNA de Umar Farouk Abdulmutallab, que está detido em uma prisão federal em Michigan.

Não foram divulgados os motivos que levaram ao cancelamento da audiência, que seria conduzida pelo juiz Paul Borman.

"A audiência foi cancelada", disse a porta-voz da Procuradoria dos EUA, Gina Balaya. "Não foi dado um motivo para o cancelamento".

Uma fiança para Abdulmutallab deve ser anunciada em audiência em 8 de janeiro em Detroit.

(Reportagem de Bernie Woodall)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.