Atriz Natasha Richardson morre em Nova York

A atriz britânica Natasha Richardson morreu na noite desta quarta-feira em decorrência de ferimentos causados por um acidente de esqui, informou o porta-voz de seu marido, o ator irlandês Liam Neeson. Natasha, que tinha 45 anos de idade e era filha da atriz Vanessa Redgrave, sofreu um acidente na última segunda-feira em uma pista de esqui para iniciantes, no resort de Mont Tremblant, no Canadá.

BBC Brasil |

Logo após incidente, ela não apresentou sinais de ferimentos. Cerca de uma hora depois, no entanto, ela começou a se sentir mal e foi levada para um hospital nas proximidades, onde foi constatado que ela tinha ferimentos graves.

Na terça-feira, ela foi transferida para o hospital Lenox Hill, em Nova York, nos Estados Unidos, onde faleceu.

Reuters

Atriz morreu em decorrência de ferimentos causados pela queda

"Liam Neeson, seus filhos e toda a família estão chocados e abatidos com a trágica morte de sua amada Natasha", diz um comunicado divulgado logo após a morte da atriz, por volta de 21h (horário de Brasília).

"Eles estão agradecidos pelo apoio, o amor e as orações de todos, e pedem por privacidade neste momento difícil", diz a nota.

Natasha Richardson participou de produções para o cinema e para a TV, mas era mais conhecida por seu trabalho no teatro.

Filha da vencedora do Oscar Vanessa Redgrave e do diretor Tony Richardson (morto em 1991), em 1998 ela ganhou um prêmio Tony por sua atuação no musical Cabaret
.

No cinema, ela participou de filmes como Operação Cupido
(1998) e Ao Entardecer
(2007).

Ainda não se sabem as causas exatas da morte da atriz.

O neurocirurgião Chris Chandler, do hospital King's College, em Londres, no entanto, afirma que até mesmo pequenas pancadas na cabeça podem causar danos que levam à morte.

Segundo ele, os efeitos de uma pequena pancada podem não ser sentidos imediatamente, mas, horas depois, sem o tratamento apropriado, podem levar o paciente ao coma.

"Uma pancada na cabeça pode causar uma lesão ou uma ruptura em uma veia, que pode inchar, causando um aumento na pressão no crânio", afirma o médico.

Segundo ele, esta pressão limita a circulação sanguínea no crânio, o que pode causar danos ao cérebro.

"Se este aumento de pressão não for corrigido, ele pode até matar", afirma Chandler.

    Leia tudo sobre: atriz

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG