Endeavour pode complicar outros lançamentos - Mundo - iG" /

Atraso do Endeavour pode complicar outros lançamentos

Moscou, 17 jun (EFE).- O adiamento do voo do ônibus espacial Endeavour para 11 de julho não afetará o dia a dia da tripulação da Estação Espacial Internacional (ISS), mas complica outros futuros lançamentos, como apontaram hoje fontes russas.

EFE |

O porta-voz do Centro de Controle de Voos Espaciais da Rússia, Valeri Lindin, indicou que os aparelhos que deveriam ser transportados pela nave americana não são vitais para os seis tripulantes da plataforma orbital, que em nenhuma hipótese ficarão sem alimentos.

"Na estação há uma reserva intocável de comida e água suficiente para 40 dias. É justo o prazo que necessitaríamos para preparar e lançar para a ISS uma nave de carga", disse Lindin à agência de notícias "Interfax".

A atual tripulação internacional da ISS é integrada pelos russos Gennady Padalka e Román Romanenko, o americano Michael Barratt, o japonês Koichi Wakata, o canadense Robert Thirsk e o belga Frank de Winne.

Uma recorrente fuga de combustível no tanque externo do "Endeavour" impediu hoje, pela segunda vez, seu lançamento em uma missão de 16 dias para trabalhos de construção na ISS, por isso a Nasa (agência espacial americana) adiou o voo para 20h39 (Brasília) de 11 de julho.

Um representante da indústria espacial russa disse à "Interfax" que este adiamento "criará problemas" para futuros voos para a ISS de naves de Rússia, Estados Unidos e Japão.

"Se as condições meteorológicas permitem lançar o "Endeavour" em 11 de julho, seu voo coincidirá com o lançamento e acoplamento à ISS do cargueiro russo "Progress", por isso pode complicar a operação de engate", assinalou a fonte.

Segundo ela, caso o voo do "Endeavour" seja adiado por outra semana, seu retorno e aterrissagem coincidiriam com o lançamento em agosto da nave seguinte, algo que a Nasa jamais permitirá.

Nesse caso, o adiamento do voo previsto para agosto obrigaria a corrigir as datas dos lançamentos de outras naves: da japonesa "HTV" e da russa "Soyuz TMA-16" em setembro e do cargueiro também russo "Progress M-03M" em outubro, como especificou a fonte. EFE se/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG