Atração que reproduzia execução em cadeira elétrica é removida na Itália

Roma, 24 jul (EFE) - A atração de uma feira que mostrava uma execução na cadeira elétrica de um boneco de látex de aparência humana foi retirada do parque de Milão (norte da Itália) por causa das criticas recebidas, informou hoje a imprensa local.

EFE |

Apenas um dia depois que foi publicada a notícia da existência da peça, as reações recebidas causaram sua remoção.

O diretor do parque, Riccardo Trebino, destacou que "não pretendia ofender ninguém", mas que a intervenção da prefeita de Milão, Letizia Moratti, e do governador da região da Lombardia tinham feito com que retirasse a reprodução.

A atração mostrava, durante um minuto, como um boneco de látex gritava e sofria convulsões pela forte descarga elétrica aplicada, até que finalmente deixava de se movimentar, como se tivesse morrido, e do corpo se desprendia uma nuvem de fumaça.

O espetáculo recebeu muitas críticas, entre elas a do movimento italiano de pais, que tinha pedido a retirada da atração, enquanto a associação internacional para a abolição da pena de morte qualificou a obra de uma "operação demencial e culturalmente devastadora".

O jornal italiano "La Repubblica" publicou na quarta-feira que a atração tinha se transformado em uma das mais visitadas da feira e os proprietários tinham recuperado em poucos dias os cinco mil euros investidos.

Acionar a cadeira elétrica custava um euro, e o proprietário da obra, Renzo Biancato, explicou que a arrecadação diária era de 50 euros, enquanto aos domingos podia chegar a 150 euros.

Biancato, de 47 anos, comprou a máquina na internet, já que a peça só é produzida e vendida nos Estados Unidos. EFE ebp/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG