Ativistas protestam contra as colônias judias em Jerusalém Oriental

Jerusalém, 1 jan (EFE).- Centenas de ativistas, a maioria israelenses, começaram o ano em Jerusalém com um protesto contra as colônias judias na parte oriental da cidade.

EFE |

A passeata começou na primeira hora da tarde na praça Mashbir e seguiu até o bairro árabe de Sheikh Jarrah, onde nos últimos meses ocorreram diversos confrontos entre colonos judeus e a população local.

Os cerca de 250 manifestantes levavam cartazes que diziam "Sheikh Jarrah é Palestina", "Os Assentamentos são Apartheid" e "Fim ao Apartheid em Jerusalém", segundo contou à Agência Efe a ativista israelense Maya Wind.

Vários grupos da esquerda israelense, como "Rabinos pelos Direitos Humanos", "Comitê Israelense Contra a Demolição de Casas (ICAHD)" e "Anarquistas Contra o Muro (AATW, na sigla em inglês)", realizam semanalmente este protesto há dois meses.

Durante o protesto, os manifestantes ostentavam espelhos para que a Polícia e os colonos "possam ver quem realmente são", explicou Wind. EFE aca/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG