Ativistas latino-americanas realizarão marcha pró-aborto em São Paulo

SÃO PAULO - Ativistas latino-americanas marcharão na próxima sexta pelas ruas de São Paulo com o intuito de garantir a prática do aborto nos países da América Latina e do Caribe.

EFE |

SÃO PAULO - Ativistas latino-americanas marcharão na próxima sexta pelas ruas de São Paulo com o intuito de garantir a prática do aborto nos países da América Latina e do Caribe.

O seminário "Estratégias Latino-Americanas pela legalização do aborto e autonomia reprodutiva das mulheres", que terminou hoje em São Paulo após dois dias de debates, convocou a manifestação, antes da celebração do Dia pela Luta da Descriminalização do Aborto na América Latina.

Os participantes brasileiros da marcha se mobilizarão até o Tribunal Regional de Justiça de São Paulo para pedirem a criação de uma Frente Nacional que permita uma ampliação do debate jurídico no país.

O Supremo Tribunal Federal (STF) vem discutindo a aprovação do aborto nos casos de anencefalia.

O encontro foi realizado por meio da troca de experiências de países como o Uruguai.

A representante da organização Mulher e Saúde do Uruguai, Lilian Abracinskas, expôs hoje a experiência de seu país nesta questão.

No encontro de especialistas internacionais, Abracinskas apresentou as estratégias que estão sendo adotadas no Uruguai para impulsionar a aprovação do projeto de lei em defesa do direito à saúde sexual e reprodutiva.

Abracinskas afirmou que este projeto inclui a descriminalização do aborto até as 12 primeiras semanas de gestação.

A iniciativa já foi aprovada em novembro passado pelo Senado e atualmente aguarda seu debate na Câmara dos Deputados.

    Leia tudo sobre: aborto

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG