Ativistas impedem passagem de comboio com resíduos nucleares na Alemanha

Berlim, 8 nov (EFE) - Mais de dez mil manifestantes protestaram hoje em Dannenberg, no norte da Alemanha, contra o transporte de resíduos nucleares ao cemitério de Gorleben, enquanto grupos de ativistas tentaram bloquear a passagem do comboio até esse depósito.

EFE |

Jovens, moradores da região e camponeses marcharam junto com centenas de tratores contra o comboio de resíduos, que partiu na sexta-feira da usina de reprocessamento de La Hague, na França.

A Polícia atuou para acabar com uma primeira ação de bloqueio em uma estrada nacional já no começo da manhã de sábado.

O trem teve que permanecer parado por várias horas, ainda em território francês, enquanto os agentes desocupavam as vias, onde vários ativistas tinham se acorrentado para impedir o transporte.

O comboio é formado por 11 vagões e transporta 17 toneladas de resíduos.

Os bloqueios de vias ocorreram nas imediações da cidade de Wörth, primeira estação do comboio na Alemanha, a cerca de mil quilômetros de seu destino, no norte do país.

O último trecho entre a cidade de Dannenberg e o cemitério será o mais complexo, já que os contêineres deverão ser transferidos do trem para um comboio de caminhões que completará o trajeto por estrada.

Trata-se do primeiro transporte em dois anos e a Polícia preparou um dispositivo de 16 mil agentes para proteger o comboio.

Desde a tarde de sexta-feira manifestantes convocados por organizações antinucleares e pelo Partido Verdes chegavam a Dannenberg, decididos a manter seus protestos até a chegada do comboio, provavelmente amanhã. EFE gc/ab/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG