Ativistas do Greenpeace são detidos na véspera da cúpula do G20

Quatorze pessoas, em sua maioria da organização ambientalista Greenpeace, foram detidas nesta quarta-feira em Pittsburgh, onde na quinta-feira será iniciada uma cúpula do G20, informou a Polícia dessa cidade do nordeste dos Estados Unidos.

AFP |

Nove militantes do Greenpeace foram detidos depois de terem exibido de uma ponte uma imensa bandeira de 25 metros de largura e 10 de comprimento que indicava: "Perigo. Destruição do clima à vista".

Outros cinco ativistas foram detidos quando tentavam realizar uma ação semelhante em outra ponte, indicou Diana Richard, porta-voz da polícia local.

"Todos foram acusados de posse de objetos para delinquir, de perturbação da ordem pública, de conspiração e de obstrução", indicou.

Os militantes de Greenpeace ainda não tinham sido liberados ao anoitecer desta quarta-feira.

vmt/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG