Ativistas do Greenpeace escalam prédio do Banco da Inglaterra

Londres, 24 nov (EFE).- Quatro ativistas do grupo ambientalista Greenpeace conseguiram escalar hoje o prédio do Banco da Inglaterra (autoridade monetária britânica), no centro financeiro de Londres, para pedir que o Governo do Reino Unido invista na indústria verde.

EFE |

Por ocasião da apresentação hoje dos orçamentos preliminares do Estado, os quatro integrantes da organização usaram escadas para pendurar no edifício um cartaz que dizia "Verde é bom".

Segundo o Greenpeace, a medida faz parte dos pedidos ao Governo britânico para reativar a economia do país através de uma "nova revolução industrial que defenda o meio ambiente".

"O Governo, junto com o setor privado, deve investir em um futuro mais limpo e seguro para o Reino Unido, e o momento de fazer isso é agora", disse o diretor-executivo do Greenpeace, John Sauven.

"Estimular a economia com um investimento 'verde', que seria mais inteligente, limpo e de maior valor, é apoiada por Barack Obama (presidente eleito dos Estados Unidos), pela Confederação da Indústria Britânica, pela ONU, pelo Deutsche Bank e outras grandes corporações", especificou Sauven.

"Fazer isso não só ajudará o Governo a evitar a recessão, mas pode nos ajudar a deixar finalmente para trás o sistema energético sujo e caro do século XX", acrescentou.

O ministro das Finanças britânico, Alistair Darling, explicará hoje no Parlamento os orçamentos do Estado, o que é amplamente esperado pelas medidas que o Executivo poderá tomar para enfrentar a crise financeira. EFE vg/wr/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG