Ativistas de vários países estariam em barcos

Organização Free Gaza Movement afirma que ativistas pacifistas de diversos países estavam em embarcações atacadas por Israel

iG São Paulo |

Além da cineasta brasileira Iara Lee , o comboio de ajuda humanitária a Gaza atacada pelo Exército israelense levava dezenas de ativistas de direitos humanos de países como Holanda, Estados Unidos, Bélgica e Alemanha.

Veja abaixo a lista de alguns ativistas que estariam nas embarcações, segundo o Free Gaza Movement. Os nomes dos principais ativistas a bordo, divulgados pela organização, não puderam ser confirmados:

Alemanha

Annette Groth , de 56 anos, é membro do Parlamento da Alemanha e participa do Comitê de Direitos Humanos e Ajuda Humanitária do país.

Inge Höger , de 59 anos, é membro do Parlamento da Alemanha e participa do Comitê de Defes da Alemanha. Inge é ativista de movimentos dos direitos das mulheres e porta-voz do partido esquerdista LEFT.

Matthias Jochheim , de 61 anos, é um físico e psicoterapeuta alemão. Ele é membro do grupo "Físicos para a prevenção da guerra nuclear" (http://www.ippnw.de)

Norman Paech , de 72 anos, é parlamentar do partido de esquerda LEFT e professor de Direito na Universidade de Economia e Ciências Políticas de Hamburgo.

Bélgica

Griet M.A. Deknoppe r, de 32 anos, é ativista belga e professora.

Inge Neefs , de 26 anos, tem mestrado em antropologia e passou três meses na Cisjordânia, participando de movimentos ativistas pacíficos contra a ocupação israelense.

Estados Unidos

Greta Berlin , co-fundadora do Free Gaza Movement, milita pelos direitos dos palestinos desde a década de 60. Greta esteve na Cisjordânia três vezes desde 2003 e foi ferida a tiros por um soldado israelense em julho durante um protesto na região.

Katherine Elliott Sheetz , de 63, é uma enfermeira com mestrado em desenvolvimento sustentável. Ela faz trabalhos sociais no Haiti.

David Schermerhorn , de 80 anos, é um produtor de cinema. Ele fez parte da primeira tentativa do Free Gaza Movement de furar o bloqueio à Faixa de Gaza, em 2008.

Grã-Bretanha

Alex Harrison , de 32 anos, é ativista de direitos humanos. Ela morou na Cisjordânia durante a Intifiada e teve a entrada negada nos territórios palestinos em 2006 e 2008.

Theresa McDermott , de 43 anos, faz sua terceira viagem até a Faixa de Gaza e já morou durante um mês em territórios palestinos, em 2004.

Denis Healey , de 55 anos, é um marinheiro e era o capitão de uma embarcação que foi interceptada por forças israelenses em julho de 2009, quando ativistas tentavam furar o bloqueio à Faixa de Gaza.

Holanda

Annekarijn de Jong , de 29 anos, é uma holandesa PhD em Antropologia e pesquisadora da Escola de Estudos Orientais e Africanos (SOAS). Ela faz pesquisas sobre os protestos populares e direitos humanos. Em sua pesquisa de Campo, Annekarijn morou durante 16 meses na Cisjordânia e na Faixa de Gaza.

Irlanda

Caoimhe Butterly , de 31 anos, é uma ativista de direitos humanos e coordenadora do Free Gaza Movement. Ela já trabalhou em projetos no Zimbábue, Guatemala, Líbano, Iraque, Haiti e Faixa de Gaza. Ela morou por um ano em um capo de refugiados na Cisjordânia, mas foi atingida por um tiro durante um protesto e deportada para a Irlanda.

Dennis Halliday , de 69 anos, foi o coordenador dos esforços humanitários da ONU no Iraque entre 1997 e 1998. Ele pediu demissão da ONU, em 1998, após 30 anos de carreira por não concordar com as sanções impostas pelo órgão ao Iraque.

Mark Daly , de 37 anos, é um senador irlandês e membro do comitê de relações exteriores do país.

Shane Dillon , de 36 anos, é um navegador irlandês e já trabalhou em navios mercantes britânicos.

Fiachra O Luain , de 28 anos, é um ativista pacifista e foi candidato indepentende as eleições para o Parlamento Europeu em 2009.

Polônia

Ewa Jasiewicz , de 31 anos, é jornalista e líder comunitária na Polônia. Já morou na Palestina e no Iraque e escreveu um livro sobre suas experiências.

Palestinos

Lubna Masarwa , de 32 anos, é uma ativista palestian que trabalha como líder comunitária na Universidade de Al-Quds com foco em crianças palestinas.

Huwaida Arraf, de 33 anos, é autora do livro "Paz sob fogo: Israel, Palestina e o Movimento Internacional de Solidariedade". É fundadora do Movimento Internacional de Solidariedade, que foi nomeado duas vezes para o Nobel da Paz.

Nader El Sakka
, de 58 anos, nasceu em Gaza e atualmente mora na Alemanha. É presidente da Comunidade Palestina de Hamburgo.

Nobel da Paz e sobrevivente do Holocausto

Na lista de passageiros divulgada no site da organização ainda consta a presença do Nobel da Paz de 1976, Mairead Corrigan Maguire, e da ativista sobrevivente do Holocausto Hedy Epstein, de 85 anos.

A organização do movimento informou, no entanto, que os dois não embarcaram nos navios com ajuda humanitária como planejado.

    Leia tudo sobre: IsraelFaixa de Gaza

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG