Ativista chilena se finge de foca morta em protesto contra caça

Santiago do Chile, 26 mar (EFE).- Uma ativista da organização Anima Naturalis simulou hoje ser um foca ensanguentada, sobre uma bandeira canadense, para protestar contra a caça a estes mamíferos.

EFE |

O protesto aconteceu diante da embaixada do Canadá no Chile, no Dia Mundial contra a Caça às Focas.

Após derramar em cima da ativista uma garrafa cheia de um líquido que simulava sangue, outro dos manifestantes leu uma carta dirigida ao embaixador do Canadá, Norbert Kalisch, na qual pedia o fim definitivo "desta atividade desnecessária e sem controle".

Na carta, a organização lamentou a decisão do Governo canadense de, este ano, ter aumentado a cota de focas caçadas a 335 mil espécimes, apesar do alerta de que estes animais correm perigo devido à mudança climática e à consequente destruição das geleiras.

Segundo a organização Anima Naturalis, as focas liberadas para caça têm menos de 12 semanas de idade, mas, quando são despeladas, não estão totalmente inconscientes. EFE rt/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG