Atividade menor em sítios nucleares norte-coreanos, diz Rússia

MOSCOU (Reuters) - O reconhecimento militar da Rússia registrou uma queda na atividade ao redor dos sítios nucleares da Coreia do Norte nos últimos dias, disse a agência de notícias estatal russa RIA Novosti nesta segunda-feira, citando uma alta fonte militar. A queda na atividade pode tanto significar uma preparação para um teste nuclear ou que as forças nucleares da Coreia do Norte deram um tempo nos trabalhos após realizar um teste no ano passado, disse a fonte.

Reuters |

O Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) ampliou as sanções contra a Coreia do Norte em resposta ao teste nuclear de Pyongyang no dia 25 de maio.

Em resposta, a Coreia do Norte disse que iria começar um programa de enriquecimento de urânio para produzir armas com todo o seu plutônio. O governo norte-coreano também ameaçou tomar ações militares se os Estados Unidos e seus aliados tentarem isolar a Coreia do Norte.

"Informações que temos recebido, algumas de nosso reconhecimento espacial, indicam que a intensidade do movimento ao redor dos objetos nucleares caiu nos últimos dias", disse o militar à RIA Novosti.

"Isso pode ser uma evidência de que a Coreia do Norte está se preparando para realizar seu próximo teste nuclear, ou que eles estão dando um tempo", disse o oficial.

(Por Conor Humphries)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG