Atiradores sequestram vice-cônsul saudita no Iêmen

Abdallah al-Khalidi foi levado por atiradores quando ia entrar em seu carro em bairro da cidade portuária de Áden

iG São Paulo |

Atiradores sequestraram nesta quarta-feira o vice-cônsul da Arábia Saudita, Abdallah al-Khalidi, do lado de fora de sua residência em Áden, cidade portuária no sul do Iêmen, afirmou uma autoridade de segurança iemenita.

Leia também: Novo presidente do Iêmen enfrenta problemas no sul do país

Os atiradores capturaram al-Khalidi quando ele ia entrar em seu carro e partiram com ele em outro veículo, afirmou a polícia no bairro de Mansoura. Há três meses, o diplomata saudita sofreu ataque similar e saiu ileso, apesar de vários homens armados terem roubado seus pertences.

Um porta-voz saudita do Ministério de Relações Exteriores confirmou o sequestro e disse: "Aconteceu nesta manhã. A embaixada já contatou a mais alta autoridade de segurança no Iêmen. Eles estão investigando e tentando encontrar a razão."

O sequestro aconteceu dois dias depois de o presidente iemenita, Abdo Rabbo Mansour Hadi, reunir-se em Riad com o rei saudita, Abdullah bin Abdul Aziz, em sua primeira viagem oficial desde que jurou o cargo, em fevereiro.

Iêmen pediu ajuda à Arábia Saudita para continuar com seu processo de transição democrática após a saída do poder do presidente Ali Abdullah Saleh e para melhorar a crítica situação econômica do país, que enfrenta também o problema do terrorismo.

Saiba mais: Regime de 33 anos de Saleh chega ao fim com transferência de poder no Iêmen

A segurança na segunda maior cidade do país, e no sul do Iêmen em geral, deteriorou-se durante a turbulência política que começou com protestos massivos contra Saleh no início de 2011, em que facções militares pró e contra Saleh se enfrentaram, assim como milícias tribais.

Uma série de autoridades de segurança foram assassinadas nos últimos meses no sul do Iêmen, onde grupos islâmicos ligados à rede terrorista Al-Qaeda tomaram o território e assumiram a responsabilidade por ataques a tropas iemenitas e um grupo de segurança americano no mês passado.

A Al-Qaeda controla várias localidades do sul do Iêmen, em particular a cidade de Zinjibar, capital da Província de Abyan, e várias áreas próximas a Áden.

*Com Reuters, EFE e AFP

    Leia tudo sobre: iêmenarábia sauditavice cônsulsequestroáden

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG