JERUSALÉM (Reuters) - Atiradores palestinos alvejaram e feriram um motorista israelense perto de um assentamento judeu na Cisjordânia nesta terça-feira, disseram a polícia israelense e serviços de emergência. Posso confirmar que foi um ataque terrorista, disse o porta-voz da polícia Micky Rosenfeld sobre os disparos, que ocorreram perto do assentamento de Shilo, entre as cidades palestinas de Ramallah e Nablus, na Cisjordânia ocupada.

Os militares israelenses disseram que soldados vasculhavam a área em busca de suspeitos, recusando-se a dar mais detalhes. Ninguém reclamou a autoria do ataque de imediato.

O ataque aconteceu em um momento de tensões crescestes. Na semana passada houve um confronto entre palestinos e a polícia israelense perto de um santuário religioso muçulmano na região da Cidade Antiga de Jerusalém.

O último ataque a tiros na Cisjordânia ocorreu no dia 12 de agosto, quando palestinos armados feriram dois israelenses que dirigiam perto de um assentamento judeu.

(Reportagem de Joseph Nasr)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.