Atirador norueguês foi membro de clube de tiro em Oslo

De acordo com a associação, Anders Breivik participou de uma competição e seu comportamento não dava indícios de que poderia promover os ataques

EFE |

O autor confesso do duplo atentado que matou 76 pessoas na Noruega treinou no Clube da Pistola de Oslo, segundo confirmou nesta quarta-feira a própria organização em seu site.

Segundo a associação, Anders Behring Breivik foi membro do Clube da Pistola entre 2005 e 2007 e novamente a partir de junho de 2010. "Breivik participou com outras pessoas de 13 sessões organizadas de treinamento, assim como de uma competição", precisa o comunicado.

De acordo com o clube de tiro, Breivik "não tinha se feito notar por suas ideias políticas nem mostrara algum tipo de comportamento que pudesse fazer prever os trágicos eventos". Ao mesmo tempo, o centro confirmou a exclusão do autor dos atentados do clube de tiro "com efeito imediato" e expressou suas condolências aos familiares das vítimas.

Na última sexta-feira, o ultradireitista Breivik, de 32 anos, abriu fogo contra os participantes de um acampamento da juventude social-democrata na ilha de Utoeya com duas armas - uma pistola e uma espingarda automática - legalmente adquiridas. Pelo menos 68 pessoas morreram na ilha, situada a 40 quilômetros de Oslo, antes que a Polícia norueguesa conseguisse chegar ao local para detê-lo. O carro-bomba que explodiu antes em Oslo deixou outros oito mortos.

Reuters
Norueguês Anders Behring Breivik, homem acusado pelo massacre na Noruega, é visto dentro de veículo ao deixar corte onde teve sua primeira audiência em Oslo

    Leia tudo sobre: noruegaataqueosloatiradorclube de tiro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG