Pelo menos quatro pessoas morreram depois que um homem abriu fogo em um shopping center na cidade de Espoo, na Finlândia, na manhã desta quinta-feira. Testemunhas contaram à emissora de TV estatal finlandesa YLE que viram um homem vestido de preto entrar em uma mercearia do shopping e começar a atirar a esmo.

Após o ataque, o suspeito fugiu, e os policiais ainda estão tentando encontrá-lo nas imediações.

A polícia o identificou como sendo Ibrahim Shkupolli, de 43 anos, que tinha antecedentes criminais.

Outros tiroteios
O incidente foi o terceiro maior tiroteio da Finlândia nos últimos três anos.

Em novembro de 2007, um garoto de 18 anos atirou contra alunos e professores de sua escola, deixando oito mortos antes de se matar.

Em setembro de 2008, foi a vez de um estudante de gastronomia de 22 anos abrir fogo contra seus colegas de faculdade, matando dez pessoas e se suicidando a seguir.

Nos dois casos, os culpados haviam deixado mensagens de alerta no site YouTube.

Por causa de suas florestas, a Finlândia tem uma longa tradição de porte de armas para caça, mas os crimes como o desta quinta-feira são raros.

Mesmo assim, o país tem adotado leis cada vez mais severas para restringir o porte de armas de fogo.

Qualquer pessoa que deseja obter o porte pela primeira vez é obrigada a fazer um treinamento em um clube de tiro por pelo menos um ano, além de passar por uma avaliação médica e por uma entrevista com a polícia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.