Suspeito de ataque contra ônibus da Força Aérea dos EUA foi preso pela polícia da Alemanha

Um atirador abriu fogo contra um ônibus militar americano em frente ao aeroporto de Frankfurt, na Alemanha, nesta quarta-feira. O ataque deixou dois mortos e dois feridos, todos eles integrantes da Força Aérea dos EUA.

Segundo o porta-voz da polícia de Frankfurt, Manfred Fuellhardt, o ataque aconteceu no momento em que o ônibus que levava militares americanos estacionava em frente ao terminal dois. Não está claro se os tiros foram disparados fora ou dentro do ônibus e não há informações sobre os motivos do atirador.

A polícia prendeu um suspeito que aparentava ter cerca de 20 anos e nasceu no Kosovo, informação confirmada por autoridades kosovares à agência Associated Press.  De acordo com a agência, o ministro do Interior do Kosovo, Bajram Rexhepi, identificou o suspeito como Arif Uka.

"É um acontecimento trágico e devastador", afirmou Rexhepi. "Estamos tentanto descobrir se esse ataque foi organizado e qual a sua natureza."

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse estar "triste e ultrajado" pelo episódio e pediu que as autoridades do país não poupem esforços para descobrir como o ataque aconteceu.

Policiais colocam proteção em volta de ônibus que foi alvo de ataque em Frankfurt
AP
Policiais colocam proteção em volta de ônibus que foi alvo de ataque em Frankfurt

Com AP

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.