Um atirador matou ao menos cinco pessoas nesta quinta-feira na Finlândia, no terceiro maior ataque do gênero nos últimos dois anos no país. Pelo menos quatro pessoas morreram quando um homem, identificado pela polícia como Ibrahim Shkupolli, de 43 anos, abriu fogo em um shopping center na cidade de Espoo, perto de Helsinki, durante a manhã.

Dois outros corpos foram encontrados nas imediações horas depois, e a polícia acredita que um deles seja do atirador. Segundo a polícia, Shkupolli tinha antecedentes criminais.

BBC
Shopping onde aconteceu o ataque
Testemunhas contaram à emissora de TV estatal finlandesa YLE que viram um homem vestido de preto entrar em um supermercado do shopping e começar a atirar a esmo.

Outros ataques a tiros

Em novembro de 2007, um garoto de 18 anos atirou contra alunos e professores de sua escola, deixando oito mortos antes de se matar.

Em setembro de 2008, foi a vez de um estudante de gastronomia de 22 anos abrir fogo contra seus colegas de faculdade, matando dez pessoas e se suicidando a seguir.

Nos dois casos, os culpados haviam deixado mensagens de alerta no site YouTube.

Por causa de suas florestas, a Finlândia tem uma longa tradição de porte de armas para caça, mas os crimes como o desta quinta-feira são raros.

Mesmo assim, o país tem adotado leis cada vez mais severas para restringir o porte de armas de fogo.

Qualquer pessoa que deseje obter o porte pela primeira vez é obrigada a fazer um treinamento em um clube de tiro por pelo menos um ano, além de passar por uma avaliação médica e por uma entrevista com a polícia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.