Atirador mata ao menos 9 pessoas em escola na Finlândia

HELSINQUE - Subiu para nove o número de vítimas de um estudante que abriu fogo na manhã desta terça-feira em uma escola de ensino profissionalizante da Finlândia, segundo fontes policiais.

Redação com agências internacionais |

O autor dos disparos, aparentemente um aluno do centro, foi levado em estado crítico a um hospital de Tampere com um tiro na cabeça, disse a mesma fonte.

Uma testemunha descreveu a cena em que uma mulher coberta em sangue fugia do prédio da escola aos gritos. Policiais evacuaram o prédio da escola e outros em volta.


Policiais da Finlândia cercam escola após disparos / AP

Tudo indica que o autor do tiroteio é um jovem de 22 anos residente em Kuahajoki que colocou vários vídeos no site YouTube com o nome de usuário "Wumpscut86", onde ele aparece com uma pistola.

O jovem, cuja identidade ainda é desconhecida, entrou no YouTube apenas duas horas antes do tiroteio.

Em seu perfil de usuário, se descrevia como um jovem interessado em "computadores, armas, sexo e cerveja", com predileção pelos filmes de terror.

Enquanto isso, no colégio profissional, houve um incêndio de grandes proporções que está sendo combatido pelos bombeiros, e a imprensa local afirma que pelo menos dez pessoas foram internadas em diferentes hospitais.


Ambulância com ferido deixa escola finlandesa / AP

Outros casos

O tiroteio em Kauhajoki lembra um incidente semelhante de novembro do ano passado, quando um estudante de 18 anos provocou um massacre em um instituto de Tuusula, no sul da Finlândia, ao abrir fogo e matar oito pessoas.

As vítimas daquele tiroteio foram seis alunos, a diretora do instituto e a enfermeira do centro de ensino, assim como o autor dos disparos, que morreu em um hospital de Helsinque horas disparar um tiro contra a própria cabeça.

Leia mais sobre: Finlândia

* Com AFP e EFE

    Leia tudo sobre: finlandia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG