Atirador de deputada dos EUA escapa de julgamento por ser 'mentalmente incapaz'

Em ataque de janeiro, Jared Lee Loughner feriu Gabrielle Giffords e outros 12 e deixou seis mortos em Tucson, Arizona

iG São Paulo |

O homem acusado de ferir a deputada democrata Gabrielle Giffords e matar seis em um ataque em janeiro no Arizona é inimputável por ter problemas mentais, decidiu nesta quarta-feira o juiz distrital Larry Burns, depois que policiais americanos retiraram o homem à força da corte após uma explosão de raiva.

A decisão de Burns significa que Jared Lee Loughner, de 22 anos, será enviada a uma instalação federal por até quatro meses para as autoridades observarem se ele melhora ao ponto de entender o caso judicial contra si. Se posteriormente for determinado que ele é competente, o caso contra ele será retomado. Se não o for, sua estada na instituição pode ser estendida. Não há limites para o número de vezes que tais extensões podem ser concedidas.

Loughner passou cinco semanas em março e abril em uma instituição federal no Missouri, onde foi examinado pela psicóloga Christina Pietz e o psiquiatra Matthew Carroll. Os dois profissionais de saúde o consideraram inapto para julgamento e esquizofrênico.

O atirador declarou-se inocente para 49 acusações federais decorrentes do ataque de 8 de janeiro, lançado contra um evento em que Gabrielle e outros 12 ficaram feridos e seis pessoas foram mortas, incluindo uma menina de 9 anos .

Três sobreviventes do ataque em Tucson compareceram à audiência: o assessor de Gabrielle, Pam Simon, que foi atingido por disparos no peito e pulso direito; Eric Fuller, atingido no joelho e costas; e o coronel reformado Bill Badger, que é considerado responsável por subjugar Loughner durante o ataque.

Fuller disse que não se sentiu desconfortável com a decisão do juiz, afirmando que não se sentiria incomodado se Loughner passasse o resto de sua vida em uma instituição de saúde mental. "Não precisamos ser um psiquiatra para saber que esse garoto é perturbado", disse Fuller.

*Com AP

    Leia tudo sobre: euaarizonaJared LoughnerGabrielle Giffordstucson

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG