Atentando mata 4 soldados que votavam em pleito iraquiano

Bagdá, 4 mar (EFE).- Pelo menos quatro soldados iraquianos morreram e dez ficaram feridos em um atentado suicida cometido hoje enquanto um grupo de militares votava em um colégio eleitoral no centro de Bagdá.

EFE |

Segundo informações, um suicida se aproximou dos soldados e detonou os explosivos que levava junto ao corpo perto.

O atentado na região central da cidade foi o terceiro cometido nesta quinta-feira, dia que as autoridades eleitorais do Iraque reservaram para que soldados, policiais, presos e pacientes de hospitais votem no pleito legislativo de domingo, do qual sairá o novo Executivo do país.

Nos outros dois ataques registrados hoje, uma bomba e um carro-bomba mataram oito pessoas e deixaram dezenas de feridos.

A explosão mais grave, também perto de um colégio eleitoral em Bagdá, deixou cinco mortos e 22 feridos, segundo fontes policiais.

Em outro ataque, um suicida detonou o carro-bomba que dirigia perto de um comboio do Exército iraquiano que passava pela zona oeste da capital. Três pessoas morreram e dez ficaram feridas.

Na mesma região, folhetos com a assinatura da Al Qaeda com mensagens contra a eleição eram distribuídos à população. EFE ah/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG