Atentados suicidas matam 10 pessoas no Afeganistão

(atualiza número de mortos e feridos). Cabul, 16 mar (EFE).- Pelo menos 10 policiais e dois civis morreram - e outras 30 pessoas ficaram feridas hoje - em dois atentados suicidas, um perpetrado no sul e outro no oeste do Afeganistão, informou à Agência Efe uma fonte oficial.

EFE |

O ataque mais grave aconteceu na capital da província de Helmand, Lashkar Gah, quando um suicida disfarçado com um uniforme policial explodiu a delegacia central da cidade, segundo um porta-voz policial, Raouf Ahmadi.

O atentado matou nove policiais e dois civis, e feriu outras 28 pessoas, segundo a fonte.

O atentando tinha como alvo uma unidade da luta contra o narcotráfico que participaria de uma operação contra a produção de ópio.

O Afeganistão produz 92% do cultivo mundial de ópio que, segundo especialistas, serve para financiar as operações armadas dos insurgentes talibãs em sua luta contra as tropas internacionais e o Governo afegão.

Além disso, um policial morreu hoje e outras duas pessoas ficaram feridas em um segundo atentado registrado contra outra delegacia no distrito de Delaram, situado na província de Farah, disse à Efe o porta-voz policial.

O agressor atirou uma granada de mão contra o agente, mas foi morto ao tentar entrar na delegacia, o que causou a detonação dos explosivos que carregava junto a seu corpo. EFE lo/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG