Atentados suicidas deixam 10 mortos no Afeganistão

Pelo menos 10 pessoas morreram, na maioria policiais, em dois atentados suicidas contra delegacias nesta segunda-feira nas regiões sul e oeste do Afeganistão.

AFP |

Os ataques aconteceram após um fim de semana sangrento, no qual morreram nove soldados, em sua maioria ocidentais, e vários civis e insurgentes em um país que enfrenta o aumento do número de ações das milícias talebans.

O primeiro atentado de segunda-feira aconteceu diante da sede da polícia de Lashkar Gah, capital provincial de Helmand (sul), um reduto dos talibãs.

Nove pessoas morreram, a maioria policiais, segundo o secretário de Saúde da cidade, Enayatulah Ghafari.

Em Delaram, província vizinha de Farah (oeste), outro policial morreu e três pessoas ficaram feridas em outro ataque contra uma delegacia.

Um terrorista matou um guarda com uma granada e roubou a arma do oficial. Ele invadiu a delegacia, mas foi morto por um policial, o que provocou a detonação dos explosivos que carregava junto ao corpo.

Os atentados não foram reivindicados até o momento, mas os ataques suicidas são uma das principais formas de ataque dos talibãs desde a intervenção internacional liderada pelos Estados Unidos em 2001, que derrubou o grupo do poder depois de cinco anos.

Leia mais sobre: atentados

    Leia tudo sobre: atentado

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG