Nove pessoas, oito policiais e um civil morreram nesta terça-feira em vários atentados no Iraque, na região norte do país e na capital Bagdá.

Um comandante da polícia e três oficiais que o acompanhavam morreram em Kirkuk (240 km ao norte de Bagdá) em um atentado contra seu comboio.

Poucas horas depois, mais quatro policiais foram mortos em outra localidade ao sul de Kirkuk, na explosão de uma bomba na passagem de um comboio.

Em Bagdá, uma bomba foi colocada sob o carro de Ali al-Bustani, diretor geral de Saúde para o distrito de Rusafah, no centro da capital.

Um pedestre morreu e 12 pessoas ficaram feridas, incluindo um alto funcionário do ministério da Saúde, na explosão.

Além disso, o balanço do atentado de segunda-feira à noite em Baaquba, 60 km ao norte de Bagdá, contra a principal mesquita xiita da cidade subiu para oito mortos.

O Iraque registra um considerável aumento da violência desde agosto, o mês mais sangrento nos últimos 12 meses. Na segunda-feira, 22 pessoas morreram em vários ataques no país.

Leia mais sobre Iraque

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.