Atentados matam chefe antiterrorista e mais seis pessoas no Iraque

Um chefe da luta antiterrorista da polícia iraquiana e outras seis pessoas - policiais e parentes - morreram em atentados executados na madrugada desta quinta-feira na região de Ramadi (ao oeste de Bagdá).

AFP |

Os ataques, que mataram o coronel Walid al-Hiti, chefe da luta antiterrorista da cidade de Hit (60 km ao noroeste de Ramadi), também deixaram seis feridos.

"Às três da manhã explodiram as bombas, colocadas ao lado dos dormitórios de quatro casas de policiais, entre elas a de Al-Hiti. Sete pessoas morreram", afirmou um agente da polícia que pediu anonimato.

Walid al-Hiti era um dos coordenadores da luta contra a Al-Qaeda nesta área da província de Al-Anbar, antigo reduto da insurgência islâmica antes dos líderes tribais se voltarem contra a rede de Osama bin Laden.

str-mel/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG