Atentados matam 6 na Argélia

Argel, 17 mar (EFE).- Seis pessoas morreram, entre elas quatro militares, e outras cinco ficaram feridas em dois novos atentados terroristas cometidos na segunda-feira na província de Tizi-Ouzou, na região da Cabília, e na de Tebesa, no leste da Argélia, informaram hoje fontes locais.

EFE |

O atentado mais grave aconteceu perto da localidade de Tadmait, em Tizi-Ouzou, contra um comboio do Exército, confirmaram à Agência Efe habitantes e jornalistas da região.

Os autores explodiram duas bombas na passagem do comboio, antes de abrir fogo sobre os veículos, causando a morte de quatro militares e ferindo outros cinco.

Os outros soldados conseguiram conter o ataque e, após a chegada de unidades de reforço, os terroristas fugiram para os densos maciços florestais da região.

Os feridos foram levados ao hospital da cidade vizinha de Bordj Menaiel.

Em 7 de março, a área de Tadmait foi cenário de um atentado suicida contra a sede da Guarda Comunal (corpo paramilitar subordinado ao Ministério do Interior) que deixou dois mortos, entre eles uma mulher idosa, e sete feridos.

O segundo atentado foi cometido na segunda-feira na localidade de Oued Essania, em Tebesa, e custou a vida de um membro dos grupos de legítima defesa (civis armados pelas autoridades para a luta antiterrorista) e o filho dele, de 16 anos.

A vítima foi identificada como Tahar Bouguerra, de 65 anos.

Pai e filho se dirigiam para a fazenda da família, quando uma bomba escondida na beira da estrada explodiu na passagem do veículo que os transportava.

Este atentado ocorre apenas 24 horas depois do que custou a vida de cinco membros de uma mesma família, no domingo passado, na província de Tebesa, na fronteira com a Tunísia e que não registrava há anos ações terroristas. EFE sk-jg/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG