Atentados matam 3 policiais em Bagdá

Bagdá, 31 mai (EFE).- Três policiais morreram hoje e outras cinco pessoas, entre elas dois jornalistas, ficaram feridas em três atentados no norte de Bagdá, informaram à Agência Efe fontes do Ministério do Interior do Iraque.

EFE |

Segundo as fontes, os três agentes morreram na explosão de uma bomba na passagem do veículo em que estavam, na cidade de Samarra, na província de Salah ad-Din.

A explosão, que também deixou outro policial ferido, destruiu o carro em que as vítimas estavam.

Os jornalistas Ala Abdel Wahhab e Sultan Yeryis sofreram ferimentos na explosão de uma bomba colocada no carro em que essas duas pessoas viajavam, na cidade de Mossul, cerca de 400 quilômetros ao norte da capital iraquiana.

Abdel Wahhab trabalha como correspondente esportivo na rede de televisão iraquiana "Al-Bagdadia", enquanto Yeryis faz parte de programas, também de esportes, na emissora "Al-Mosuliya", indicaram as fontes.

Em um incidente separado, dois civis ficaram feridos na detonação de uma bomba perto de uma patrulha militar iraquiana, no norte de Mossul.

As Forças de Segurança iraquianas encontraram uma vala clandestina com restos mortais de 13 pessoas, em uma aldeia situada a sudoeste de Baquba, capital da província de Diyala, a nordeste de Bagdá.

As fontes revelaram que essas pessoas foram assassinadas há mais de um ano, durante a onda de violência sectária que castigou o Iraque. EFE ah/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG