Atentados ferem pelo menos 26 peregrinos xiitas perto de Bagdá

Bagdá, 17 jul (EFE).- Pelo menos 26 peregrinos xiitas ficaram feridos hoje no Iraque em três atentados registrados nos arredores de Bagdá, coincidindo com o aniversário do nascimento de um venerado imame, disseram fontes policiais.

EFE |

Treze peregrinos, entre eles mulheres e crianças, sofreram ferimentos quando uma bomba explodiu no bairro de Al-Jadeda, no leste da capital, enquanto se dirigiam ao santuário do imame Moussa al-Kazem, na localidade de Kazimiya, acrescentaram as fontes.

Outra bomba colocada em uma estrada explodiu perto do mercado de Al-Rashid, no sul de Bagdá, onde houve oito xiitas feridos, enquanto outros cinco peregrinos sofreram também ferimentos em um bairro no sul da capital.

Dezenas de fiéis xiitas morreram no ano passado no Iraque quando se dirigiam para Kazimiya, especialmente procedentes das províncias do sul do país, de maioria xiita.

O Exército e a Polícia iraquianos reforçaram a segurança nas vias de acesso a Kazimiya, onde fica o santuário de Moussa al-Kazem, um dos 12 imames xiitas.

Além disso, fontes policiais informaram sobre um ataque na província de Diyala, perto da localidade de Baquba, na qual ficaram feridos cinco militares iraquianos, entre eles um oficial.

As baixas ocorreram devido à explosão de uma bomba na passagem de uma patrulha militar.

Ontem à noite, três soldados dos Estados Unidos morreram perto da cidade de Basra, ao serem atingidos por "fogo indireto", informou hoje o comando militar americano, sem dar detalhes sobre a natureza do ataque. EFE am/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG